Sobre

RPG

Role-playing game, também conhecido como RPG (em português: "jogo de interpretação de papéis" ou "jogo de representação"),[1][2] é um tipo de jogo em que os jogadores assumem papéis de personagens e criam narrativas colaborativamente.

O progresso de um jogo se dá de acordo com um sistema de regras predeterminado, dentro das quais os jogadores podem improvisar livremente. As escolhas dos jogadores determinam a direção que o jogo irá tomar.

Os RPGs são tipicamente mais colaborativos e sociais do que competitivos, embora muitos deles sejam. Um jogo típico une os seus participantes em um único time que se aventura como um grupo.

Um RPG ocasionalmente tem ganhadores ou perdedores. Isso o torna fundamentalmente diferente de outros jogos de tabuleiro, jogos de cartas colecionáveis, esportes, ou qualquer outro tipo de jogo.

Como romances ou filmes, RPGs agradam porque eles alimentam a imaginação, sem no entanto limitar o comportamento do jogador a um enredo específico.



3D&T - Defensores de Tóquio 3ª Edição.

3D&T é um sistema de RPG criado por Marcelo Cassaro, inicialmente baseado em animes e séries japonesas. Mas com o passar dos anos, o sistema ganhou novas versões, foi se aprimorando, chegando a uma 3° versão revisada, ampliada, e posteriormente turbinada, deixando de ser um sistema simples para se tornar um pouco mais complexo e abrangente.

O 3D&T é simples para iniciantes, mas pode ser complexo para os mais experientes. Jogadores e Mestres veteranos com o 3D&T vão perceber que ele é extremamente maleável, sendo possível adequar suas regras a todo tipo de situação possível dentro de seu jogo.


OLD DRAGON - Módulo Básico.

Old Dragon ou abreviadamente OD é um sistema de regras para jogos de RPG desenvolvido por Antonio Sá Neto e Fabiano Neme, inicialmente lançado de forma independente e mais tarde editado pela Redbox Editora, em 2010.

Contrário aos jogos retroclones, que são em geral simulacros de versões anteriores do jogo Dungeons & Dragons, o Old Dragon se auto-define como um retro-golem[1], utilizando mecânicas de resolução baseadas em diversas versões anteriores desse jogo.

Quanto ao estilo de jogo, o Old Dragon se define como um jogo old school[1], estando classificado como um jogo da Old School Renaissance[2].

O Old Dragon usa a Open Gaming License, do Sistema d20, como base para o seu próprio conjunto de regras e a Creative Commons para sua licença, que permite a criação de obras derivadas, comecialmente ou não, por terceiros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário